Você está aqui: APEAM > Mercado de Trabalho > “O que observo é que ainda as empresas e órgãos públicos não têm a consciência necessária para contratar um engenheiro ambiental”
Apoio
Patrocínio
Notícias

“O que observo é que ainda as empresas e órgãos públicos não têm a consciência necessária para contratar um engenheiro ambiental”

Rafael Rosa, graduado em engenharia pela Pontifícia Universidade do Paraná (PUCPR) e especialista em Geoprocessamento pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) trabalha, atualmente, como sócio administrador da MOR Gestão Ambiental e Florestal Ltda.

APEAM – Quais foram as maiores dificuldades encontradas no mercado de trabalho?

Rafael Rosa – Em verdade com relação ao mercado de engenheiros ambientais (empresas contratando ou concursos públicos) eu não tive essa experiência, porém o que observo é que ainda as empresas e órgãos públicos não têm a consciência necessária (ou obrigatoriedade de) para contratar um engenheiro e, se necessário, mais em conta sai contratar técnicos e gestores na área ambiental.

APEAM – A Engenharia Ambiental é relativamente nova no mercado de trabalho brasileiro e também, dentre as demais engenharias, a que mais tem potencial de crescimento. O que você acha que esta faltando para que este fato seja concretizado?

Rafael Rosa – Mais cobrança por parte dos órgãos competentes e espaço no CREA para definição de atribuições. Porém o mais importante é ter engenheiros ambientais competentes trabalhando e cobrando bem, pois essa é a única forma de ganhar espaço no mercado, trabalhando com ética e qualidade técnica e saber que não temos concorrentes (seja da engenharia ou área que for) ao redor e sim nossa networking.

APEAM – Qual a importância da APEAM para o fortalecimento da categoria?

Rafael Rosa – Representar a classe junto ao CREA e outras entidades privadas e públicas, além de em eventos.

APEAM – Para finalizar, qual recado você gostaria de deixar aos futuros Engenheiros Ambientais?

Rafael Rosa – O recado é gentilmente solicitar a participação e afiliação de V.Sas. na APEAM. Tal feito se dará através de procedimento simples de cadastro, incluindo pagamento de taxa no valor de R$ 35,00. Valor esse ínfimo, perto da representatividade que ensejamos ter, com muita bravura e ética, perante o CREA e acreditem, não será nada fácil. Precisamos de fato nos unir, através da APEAM, para poderemos exorcizar nossos fantasmas (áreas de atuação, sombreamento, padronização de honorários e valores de projetos, representatividade em eventos, respeito!). Não obstante, além de extinguirmos fantasmas, outros vários benefícios virão com o tempo, como desconto em cursos e palestras, junto a prestadores de serviços (dentistas, consultas afins, clínica de estéticas, etc…).

Rafel Rosa