Você está aqui: APEAM > Notícias > APEAM acompanha fiscalização do CREA-PR no aterro sanitário de Fazenda Rio Grande
Apoio
Patrocínio
Notícias

APEAM acompanha fiscalização do CREA-PR no aterro sanitário de Fazenda Rio Grande

fiscalização fazenda rio grande

O CREA-PR realizou na última quinta-feira (01) uma ação de fiscalização no Centro de Gerenciamento Iguaçu, popularmente conhecido como aterro sanitário de Fazenda Rio Grande.

A visita foi iniciada com uma apresentação do funcionamento do local, efetuada pelo engenheiro responsável pela operação, Antônio Carlos Leonel de Carvalho. O aterro possui vida útil de 20 anos e recebe diariamente cerca de 2,5 mil toneladas de lixo classe IIA e IIB (urbano), provenientes de Curitiba e Região Metropolitana.

Carvalho mostrou o trabalho de impermeabilização de base e nas laterais executado com mantas antes do recebimento de resíduos, os sistemas de drenagem e queima do gás e o processo de escoamento e destinação do chorume. Também abordou projetos futuros, como o trabalho em parceria com uma cooperativa voltado aos resíduos destinados à reciclagem (3 mil toneladas/mês), a compostagem de resíduos orgânicos (750 toneladas/mês) e a triagem, beneficiamento e armazenamento de resíduos da construção civil (24 mil toneladas/mês).

A ação foi acompanhada por profissionais do CREA-PR, da Associação Paranaense de Engenharia Ambiental (APEAM), do Instituto Ambiental do Paraná (IAP) e da Convesol.

O trabalho integra a ação estadual, que fiscalizou nesta semana aterros também em Ponta Grossa, Telêmaco Borba, Cascavel, Marechal Cândido Rondon, Arapongas e Cianorte. Ao final do trabalho, o CREA-PR elaborará um relatório compilando informações de todas as fiscalizações realizadas no Paraná.

Por Daniela Licht (Regional Curitiba)