Você está aqui: APEAM > 2015 > abril
Apoio
Patrocínio
APEAM apoia 6º Fórum Internacional de Resíduos Sólidos

APEAM apoia 6º Fórum Internacional de Resíduos Sólidos

O 6º Fórum Internacional de Resíduos Sólidos e Feira de Ciência e Tecnologia para Reciclagem/Recuperação de Resíduos, evento promovido pelo Instituto Venturi Para Estudos Ambientais e pela URBAM/Prefeitura de São José dos Campos e apoiado pela Associação Paranaense dos Engenheiros Ambientais, ocorre em São José dos Campos-SP de 10 a 13 de junho de 2015 no Parque Tecnológico.

A busca de soluções para a destinação final dos resíduos tem se constituído em desafio, tanto para o setor público como para o setor privado. Visando contribuir com a empresa, poder púbico e sociedade como um todo na busca do desenvolvimento sustentável, o fórum tem como objetivo difundir e aprofundar conhecimentos na área de tecnologias para reciclagem, tratamento e disposição de resíduos sólidos e divulgação de produção científica, fundamental para a inovação na busca de soluções para as questões socioambientais.

O 6º Forum Internacional de Resíduos Sólidos consolida-se como o evento técnico e científico mais importante do Brasil no tema resíduos sólidos, apresentando uma visão ampla do assunto que abrange desde estudos acadêmicos até a visão governamental e empresarial.

O sucesso das edições anteriores, que contou com expressões mundiais na questão ambiental, deu aos organizadores a certeza da importância da continuidade do Forum, apontando a necessidade da promoção de um espaço onde os diversos stakeholders da cadeia de gerenciamento de resíduos sólidos pudessem fomentar seus projetos e estabelecer novos negócios.

Nesse contexto, a SIMBIOSE – Feira Internacional de Reciclagem/Recuperação de Resíduos Sólidos vem atender a uma demanda do mercado, dos geradores de resíduos, da indústria, dos núcleos de produção mais limpa e dos centros de pesquisa e desenvolvimento de novos materiais.

Para mais informações sobre o evento, clique na imagem abaixo:

slide show header site v3

8º Simpósio de Engenharia Ambiental apresentado no Colégio de Presidentes

8º Simpósio de Engenharia Ambiental apresentado no Colégio de Presidentes

O presidente da Associação Paranaense de Engenharia Ambiental, engenheiro ambiental Renato Muzzolon Júnior, apresentou ontem (23) na 2ª Reunião do Colégio de Presidentes do Sistema Confea/Crea e Mútua as informações referentes ao 8º Simpósio de Engenharia Ambiental (8º SBEA). O evento reunirá engenheiros ambientais de todo o país em Curitiba, entre os dias 4 e 8 de setembro no campus da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR).

Durante sua apresentação realizada aos presidentes dos Creas e do Confea e de conselheiros federais presentes, Muzzolon destacou o histórico do evento, que teve sua primeira edição realizada na cidade de Itajaí (SC). “Desde então, o SBEA vem crescendo ano a ano e esperamos que esta seja a maior edição da história”, destacou. A expectativa é que mais de 2 mil profissionais da engenharia ambiental participem do evento.

O 8º SBEA é promovido pela Associação Nacional dos Engenheiros Ambientais (Aneam) e pela Associação Paranaense de Engenheiros Ambientais. O CREA-PR é um dos apoiadores do simpósio.

Para mais informações sobre o 8º SBEA acesse:
www.sbea.eng.br
www.facebook.com/sbea8

Vice-tesoureiro da APEAM participa da segunda reunião da inspetoria do CREA-PR – Regional Curitiba

Vice-tesoureiro da APEAM participa da segunda reunião da inspetoria do CREA-PR – Regional Curitiba

O vice-tesoureiro da APEAM Michael Busko participou no dia 16 de abril de 2015, em Curitiba, da segunda reunião da inspetoria do CREAPR- Regional Curitiba.

A reunião da inspetoria aconteceu no Plenário do Crea-Pr e tem por finalidade discutir o âmbito da fiscalização em todos seus aspectos, não somente a atividade de engenharia em si, mas sim todas as partes envolvidas ao sistema, com a finalidade de expor e discutir assuntos que contribuam para o desenvolvimento do profissional e do conselho como um todo.

Estavam presentes na reunião a gerencia regional do Crea-Pr, entidades de classe representando os engenheiros de segurança, agrônomos, eletricistas e mecânicos,  fiscais do Crea-PR e coordenadores dos cursos de engenharia da capital.

No primeiro momento foi abordado como funciona a estrutura fiscalizatória do conselho. O Plenário é a instância máxima, composto por 103 conselheiros titulares indicados pelas entidades de classe e instituições de ensino ligadas as áreas de engenharias Agronomia e Geociências.

Entre as inúmeras funções do Plenário estão: decidir, em grau de recurso, as questões enviadas pelas sete Câmaras Especializadas e baixar Atos Normativos para fiscalização do exercício profissional.

As Câmaras Especializadas têm a função de julgar as infrações do Código de Ética; elaborar as normas para fiscalização das respectivas especializações profissionais; apreciar e julgar os pedidos de registro dos profissionais e empresas; determinar a capitulação da infração e aplicar as penalidades e multas previstas.

Em seguida foi discutida a importância da presença do conselho nas instituições de ensino de engenharia, realizando um trabalho de base com os futuros profissionais, podendo assim ser estabelecido uma parceria entre conselho e universidades.

“A ideia da parceria é mostrar para os futuros profissionais a importância das ferramentas encontradas no conselho, havendo assim uma mudança de comportamento e visão entre ambas as partes”, destacou o Engenheiro Ambiental e vice-tesoureiro da APEAM Michael Busko.

E por último foi abordado à participação de profissionais do sistema em conselhos municipais e monitoramento de editais e licitações envolvendo empresas e profissionais de engenharia.